‘CAMISA 10’ VAI ÀS SEMIFINAIS EM CAMPO DO MEIO
10 de dezembro de 2018
CAMILA VENCE ELEIÇÃO DO CONCURSO BELEZA NEGRA
11 de dezembro de 2018

SUBVENÇÕES FORAM PAGAS INTEGRALMENTE ÀS INSTITUIÇÕES

A Prefeitura de Machado vem a público, oficialmente, esclarecer alguns fatos sobre o pagamento de subvenções às entidades. Muitas informações foram disseminadas nas redes sociais, mas nem todas correspondem à verdade. Esta gestão é parceira das instituições e é a administração municipal que mais repassou verba para as entidades, por saber do trabalho essencial que elas realizam.

Tanto as instituições, quanto o executivo foram pegos de surpresa com a colocação da Emenda Impositiva para votação, após ter ficado tanto tempo na Câmara Municipal. O pedido de vistas foi unicamente para que houvesse tempo hábil para que as instituições e alguns vereadores tivessem mais esclarecimento a respeito do que estava sendo proposto.

A atual gestão aumentou todas as subvenções para todas as entidades e passou a pagar subvenção para entidades que antes não recebiam a ajuda financeira. Só em 2018, o município já pagou mais de R$ 6.700.000,00 em subvenções, um valor histórico para o município.

 

O Abrigo Jesus Maria José, por exemplo, em 2015, recebia R$ 40 mil e em 2018, o valor chegou a R$ 300 mil. A APAE nunca chegou a receber todo o valor destinado a ela, que era de R$ 100 mil em 2015 e, este ano, foram repassados R$ 183 mil. Além do aumento no repasse às instituições, muitas outras começaram a receber a ajuda financeira também. Caso da Associação Resgatando Vidas, que nunca havia recebido nenhum valor e, este ano, contou com repasse de R$ 40 mil. Outro instituto que iniciou a parceria com o município em 2018, foi a Edukaris, que oferece bolsa de estudo no ensino superior para jovens de baixa renda. O valor da subvenção foi de R$ 48 mil.

 

O que nem todos os machadenses sabem é que a Santa Casa é uma instituição independente, não “pertence” ao município. A prefeitura paga os custos do Pronto Atendimento, para que a população possa ser atendida. E os repasses para a Santa Casa também receberam aumento. Esta gestão pagou integralmente a dívida que o município tinha com o hospital e durante o ano, os repasses mensais foram reajustados conforme a Santa Casa mostrou necessidade e, em dezembro, chegamos à quantia de R$ 3.138.000,00 repassados.

 

A verba que mantém a Câmara Municipal e que estava sendo “prometida” às entidades é o mesmo dinheiro do município. A lei determina que uma porcentagem da arrecadação do município seja destinada à Câmara Municipal, para que o Legislativo possa manter seus custos. Quando a verba não é totalmente utilizada, o dinheiro volta para o município e a Câmara não tem legitimidade para realizar destinação dessa verba para esse ou aquele fim.

 

Como foi amplamente divulgado, o projeto estava há 70 dias aguardando para ser votado. Ocorre que, mesmo se tivesse sido votado na última segunda-feira, não haveria como fazer a destinação desse valor, porque o orçamento do município já está fechado. Os valores que poderiam ser destinados às entidades já foram pagos e todas as instituições que apresentaram a documentação correta recebeu o recurso.

 

Mesmo com o atraso nos repasses de ICMS, Fundeb e de saúde, que já somam cerca de R$ 9.600.000,00, o município vai honrar o compromisso firmado com todas as entidades. O pagamento do IPTU tem feito com que Machado mantenha todas as contas em dia, inclusive o pagamento para as entidades.

 

O desencontro de informações levou uma parte da população ao erro de achar que alguns vereadores e o executivo estão contra as entidades. A gestão 2017/2020 reafirma o seu comprometimento e parceria com todas elas.

 

Esta gestão acredita que as entidades realizam um trabalho especializado e importantíssimo para as pessoas e, por isso, é parceira e vai continuar sendo, oferecendo às entidades não só o dinheiro de que tanto precisam para se manterem, mas conhecimento técnico para que cumpram seu papel de acordo com o que a legislação determina e o que a população precisa.

 

Veja a lista das entidades que entregaram a documentação e já receberam suas subvenções:

 

Abrigo Jesus Maria José – R$ 300.000,00

Academia Machadense de Letras – R$ 6.000,00

AMACA (Associação Mariana de Acolhimento à Criança e ao Adolescente) – R$ 107.000,00

APAE – R$ 183.200,00

Associação Betel – R$ 85.000,00

Associação Cônego Walter Recanto dos Emaús – R$ 30.000,00

Associação de Desenvolvimento comunitário de Douradinho – R$ 15.000,00

Associação dos Congadeiros de Machado – R$ 196.950,00

Associação Motoclube Radical Machadense – R$ 15.000,00

Associação Quatro Patas – R$ 24.000,00

Associação Resgatando Vidas – R$ 40.000,00

AUPEV (Associação de União e Promoção em Eventos) – R$ 85.000,00

CONSEP – R$ 10.000,00

Corporação Musical de Machado – R$ 50.000,00

Creche Sinai – R$ 50.000,00

EMATER – R$ 291.000,00

Instituição Herman Douglas – R$ 45.000,00

Instituto Edukaris – R$ 48.000,00

Lar Fabiano de Cristo – R$ 50.000,00

Lar São Vicente de Paulo – R$ 180.000,00

Liga Esportiva Machadense – R$ 10.000,00

Missão Vida Nova – R$ 30.000,00

Polícia Civil de Minas Gerais – R$ 150.000,00

Polícia Militar de Minas Gerais – R$ 150.000,00

Rotary Club de Machado – 20.000,00

Santa Casa de Caridade de Machado – R$ 3.138.000,00

SEAP (Secretaria de Estado de Administração Prisional) – R$ 36.000,00

 

Olá, em breve o atenderemos. Obrigado.

Fale conosco pelo Whats