quarta-feira, 19 de junho de 2024

A informação a um clique de distância!

Faça o seu login ou Assine a folha

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Email

SEM ISOLAMENTO E SEM FLEXIBILIZAÇÃO, COMÉRCIO DEVERÁ IR À JUSTIÇA

A Associação Comercial e Industrial de Machado poderá ingressar com ação coletiva, na Justiça comum, para tentar liberar, mesmo que parcialmente, o funcionamento do comércio em Machado. Na segunda-feira, dia 13, à tarde, reunião entre a Prefeitura e a Gerência da Associação Comercial de Machado não chegou a acordo. – Ficou para o Comitê Gestor da COVID-19 dar a palavra final. – Funcionamento em horário reduzido serviria aos comerciantes.
A presença da FOLHA MACHADENSE não foi permitida na reunião com a Gerência da Aciam. – A Prefeitura alegou tratar-se de ‘assunto técnico’.
Hoje, terça-feira, às 09 horas, haveria reunião com os representantes de supermercados, que tiveram medidas restritivas de funcionamento, na última quinta-feira, dia 09. Em seguida, estaria agendada reunião entre a Aciam e o Comitê Gestor da Saúde.
Em Machado, população não tem respeitado medidas de isolamento e/ou distanciamento social. Filas às portas de agências bancárias e casas lotéricas traduzem o não respeito às recomendações da OMS.
Pequenos negócios [que pouco representam em termos de aglomeração de pessoas]  são os mais afetados pelas medidas de restrição tomadas pelos Governos do Estados e dos Municípios.