quarta-feira, 19 de junho de 2024

A informação a um clique de distância!

Faça o seu login ou Assine a folha

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Email

POLÍCIA CIVIL PROCURA RESTOS MORTAIS DE MULHER ESQUARTEJADA

A Polícia Civil de Pouso Alegre faz buscas na manhã deste sábado (10) dos restos mortais da mulher que foi morta e esquartejada e que teve as pernas jogadas às margens da rodovia MG-179, em São João da Mata, terça-feria. O suspeito do crime é pelo companheiro dela. O homem também teria matado a filha da mulher, enteada dele. O crime ocorreu em Silvianópolis. O corpo da criança estava enterrado no quintal da casa do suspeito, dentro da cidade. (Informações do portal Terra do Mandu).

ENTENDA O CASO- Na terça-feira (06), um trabalhador rural encontrou as duas pernas no meio de um cafezal, às margens da MG-179, já no município de São João da Mata, vizinho de Silvianópolis. A perícia da Polícia Civil esteve no local e recolher os membros. Nas pernas havia tatuagens de borboletas, fadas e flores. Como a polícia não tinha pista do crime, chamou a imprensa para divulgar as imagens das tatuagens e buscar a solução para o caso.

EM CARVALHÓPOLIS – A Polícia Civil informou que o tronco da vítima (a mulher) também fora encontrado na região do bairro rural Esmeril, em Carvalhópolis. O proprietário das terras havia retirado o membro humano do local pensando ser parte de um bezerro morto. – A cabeça da vítima, segundo informou a Polícia Militar de Machado à FOLHA ON LINE, teria sido jogada no Rio Dourado, em São João da Mata.