quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

A informação a um clique de distância!

Faça o seu login ou Assine a folha

Giuseppe Marivo - Folha Machadense
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Email

OS 12 PRINCÍPIOS UNIVERSAIS PARA A LIBERAÇÃO DO HOMEM (07)

OS 12 PRINCÍPIOS UNIVERSAIS PARA A LIBERAÇÃO DO HOMEM

Vontade – Princípio Universal 7

Bom dia, amigo! Bom dia, integrantes da humanidade! Bom dia, colega, companheiro de escravidão! Saudações.

“SE EU PERSIGO O PRAZER ME ENCADEIO AO SOFRIMENTO. ….”.

Vivemos em uma gangorra: prazer/sofrimento.

Sou um homem. Um homem com mente, emoções, corpo físico e espírito. Seres Humanos que amamos, trabalhamos, lutamos, sofremos.

Procuramos permanentemente prazer e a fatura é dor, sofrimento, frustração, raiva conosco mesmos.

Como é isso? Por que isso? Qual a raiz do sofrimento? Por que devemos sofrer? Por que temos que sofrer? Por que o sofrimento nos parece tão horroroso? Por que fugimos do sofrimento? De onde provém o sofrimento? Como chega às nossas vidas?

A LEI diz que TEM QUE SOFRER?

Aparentemente incógnitas sem resposta.

Não. Simples. Nos equivocamos. Os prazeres que nós perseguimos são efêmeros, são ilusórios, são momentâneos, não preenchem nossa sede da real felicidade duradoura… ENTÃO NOS DEIXAM UM VAZIO AMARGO.

Tudo confabula para estimular nossa sede e desejo de prazeres, tudo nos atrai, e tudo trabalha sobre nossa imaginação, constantes estímulos internos no nosso pensamento e emoções, e externos em cada esquina para os nossos sentidos. E aí vem o engano: de termos a certeza que aquilo me levará ao êxtase permanente, e corremos atrás, PERSEGUIMOS, aí vem a decepção, e aí corremos de novo atrás de outra forma, e nos achamos até criativos, e aí mais frustração, e não nos damos por vencidos, e de novo perseguindo prazeres, de todos os tipos… e assim sem fim, prazer/angústia-dor-sofrimento-raiva… E o corpo paga o pato de tudo isso que, dia após dia, se cristaliza e se transforma nos hábitos/vícios que nos tornam seus ESCRAVOS, sem mais nenhum livre arbítrio, não decidindo mais nada, completamente débeis, dependentes e entregues ao deus prazer-dor, com a taça envenenada prazer/dor, e quanto mais escravos do prazer maior será a conta, a fatura, maior será a dor, maior será o sofrimento. Duas caras da mesma moeda.

Então TEMOS QUE SOFRER? Estamos aqui para SOFRER? A vida é feita para SOFRER?

NÃO!!!

EQUIVOCADAMENTE procuramos e corremos atrás do passageiro, do efêmero, do momentâneo, do transitório… Qual o fruto, qual o resultado? Frustração, decepção, óbvio. O nosso SER, nossa ALMA, nosso ESPÍRITO, e até nossa MENTE, nossas EMOÇÕES e nosso CORPO FÍSICO anelam o PRAZER DURADOURO e PREENCHEDOR sempre disponível que não precisa perseguir. É só permitir que ele nos imbua e nos permeie..

 

Mergulhados, nestes 15 dias, no trabalho de esforço para a cabal compreensão deste PRINCÍPIO 6 – RENÚNCIA que, junto com os outros 11, é o caminho, o trilho da nossa LIBERAÇÃO como INDIVÍDUOS, nos convencemos da sua veracidade em sua primeira parte: “SE EU PERSIGO O PRAZER ME ENCADEIO À DOR E AO SOFRIMENTO….”

E então… como fazer para não sofrer mais?……..

NÃO PERSEGUINDO PRAZERES SEM VALOR DE ETERNIDADE. Dizer: “Muito obrigado, já sei, já conheço a ilusão do prazer, já descobri o equívoco em que eu caí e vivi minha vida até agora”.

Este PRINCÍPIO é o princípio da CLAREZA e da HONESTIDADE e AMOR A SI PRÓPRIO, o PRINCÍPIO da LIBERAÇÃO daquilo que me mantém ESCRAVO DO ILUSÓRIO.

Abraçamos assim a segunda parte deste PRINCÍPIO que nos dá a luz, a fórmula, o segredo, para não sofrer mais, sim, PARA NÃO SOFRER MAIS:

“…ENQUANTO NÃO PREJUDICO A MINHA SAÚDE FÍSICA, MENTAL, EMOCIONAL, SEXUAL E ESPIRITUAL, E À CONDIÇÃO QUE NÃO PREJUDIQUE O MEU PRÓXIMO, TEREI A POSSIBILIDADE DE GOZAR QUANTO QUEIRA COM LIBERDADE QUANDO SE APRESENTE A OPORTUNIDADE”

Então sempre poderei ter gozos? PERMANENTES? E…. LIVRE da DOR e do SOFRIMENTO?

A natureza, em todas suas infindáveis deslumbrantes encantadoras extasiantes manifestações, sempre disponíveis, grátis, sem necessidade de serem perseguidas, desfrutando-as à alma plena, são nossas permanentes potenciais possibilidades de gozo, regozijo, júbilo permanente que nada e ninguém consegue nos tirar e que podemos compartilhar com os demais, enriquecendo-nos mutuamente.

Como Seres Humanos Reais Completos, temos a suficiente inteligência de reconhecer o grande incomensurável valor que temos, como despertos e expertos, em renunciar ao pouco, ao efêmero(=nada) para receber e PREFERIR o muito, o duradouro(=tudo) e desfrutá-lo à vontade, plenamente, gozo preenchedor, contentamento divino, por amor a si próprio. Para PREFERIR e ESCOLHER “O” REAL MELHOR precisamos de muita inteligência?

Começamos. Terminou o equívoco. Terminou o autoengano inconsciente. Agora sabemos. O céu ou o inferno? É minha, nossa, ESCOLHA. Dor ou PAZ TOTAL? É nossa, MINHA ESCOLHA.

 

Nós também passamos por tudo isso que você está passando agora. DECISÕES, DECISÕES, DECISÕES… Será um trabalho para a vida TODA. Retome periodicamente o estudo deste PRINCÍPIO, até metabolizá-lo e SER ESTE PRINCÍPIO. Ele é TEU. Consciência. Muitos o estamos fazendo… “O” caminho da FELICIDADE.

E, dando prosseguimento aos outros PRINCÍPIOS, vamos começar HOJE a realização do resgate e ativação do PRINCÍPIO 7 – VONTADE, o Princípio MATER que rege a AÇÃO HUMANA:

“Se Você Persegue Um Fim Você Se Encadeia, mas Se Fizer Tudo E Cada Coisa Como Um Fim Em Si Mesmo Você Se Libera”

“Conhece-te a ti mesmo.”

Toda a realização deste Princípio vai ser na compreensão de que SOMOS ESCRAVOS, de que NÃO SOMOS LIVRES, e o faremos na didática e forma prática de perguntas e respostas que cada um de nós se dará em seu foro interno, cada um consigo mesmo, em nosso total grau de sincera fidelidade a si próprio, conforme proposto nos dois áudios abaixo, Parte 1 e Parte 2.

Te desejo e nos desejamos, reciprocamente, um vibrante “mãos à obra” durante os próximos 15 dias, no estudo e prática deste 7º Princípio que, junto com os outros 11, cobre e rege toda atividade humana, e na ativação, em sempre maior e alto grau de consciência, da nossa BOA VONTADE, HUMANA-DIVINA, de liberarmos e resgatarmos em mim, em você, o verdadeiro SER REAL.

E, se você sentir que foi útil, bom e belo para você, difunda-o aos quatro ventos, a todos os seus contatos, para que também se beneficiem, e que eles, por sua vez, repassem, no seu devido tempo, à outras pessoas como o maior bem possível para a máxima quantidade de pessoas possível pelo maior tempo possível. Dessa maneira, iremos criando um mundo melhor, um mundo harmonioso, um mundo de Luz tal como o concebeu o nosso Criador Comum.

Giuseppe Marivo
Zap +5535999041903