sábado, 24 de fevereiro de 2024

A informação a um clique de distância!

Faça o seu login ou Assine a folha

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Email

LIVRO DE DR. RICARDO RESGATA FRAGMENTOS FERROVIÁRIOS

O livro do Desembargador Dr. Ricardo Moreira Rebello, historiador machadense, aposentado pelo Tribunal de Alçadas do Estado de São Paulo, resgata parte da história ferroviária de Machado. – No tomo II, à página 128 [O Município de Machado até a virada do Milênio], Dr. Ricardo escreve: “deve-se a José Vítor da Silva, o que dirigiu por primeiro, o impulso inicial para a construção do Museu Histórico Municipal de Machado. Foi inaugurado oficiosamente em 10 de setembro de 1981, no porão do Colégio Municipal (antiga Santa Casa), tendo como encarregado Cornélio Camargo”.

“A lei 429, de 21 de janeiro de 1983, oficializou sua fundação, dispondo que seria administrado pela Fundação Educacional. Através da portaria 262, de 18 do mês seguinte, o prefeito transferiu o Museu a responsabilidade da guarda e manutenção da locomotiva a vapor ‘Baldwin 205‘, estacionada à margem do Lago Artificial”.

A obra “O Município de Machado até a virada do Milênio” foi lançada em 2006.