Obra no Bairro Bom Recanto tem significado ampliado para moradores da região
28 de julho de 2021
AGRO: Iniciativa privada e Município organizam Feira Agropecuária
31 de julho de 2021

EDITORIAL: Museu do Café -um novo espaço para a educação

Museu do Café: um novo espaço para a educação

José Vítor da Silva
Presidente do IMAC

O Museu Ferroviário e do Café Machadense que já é conhecido de boa parte da população, por meio virtual, prepara para abrir, neste segundo semestre de 2021, sua primeira Exposição de Longa Duração, projeto que deverá ser executado em parceria com o Município, por meio de convênio com a Prefeitura.

Instituído pelo IMAC (Instituto Machadense de Artes e Ciências), associação idealizada pelos diretores da FOLHA MACHADENSE     e integrada por um grupo de empresários e profissionais voltados para a arte, a cultura e a preservação de patrimônio, o Museu Ferroviário e do Café Machadense, como outras atividades culturais que tiveram suas atividades prejudicadas pela pandemia, prepara-se para abrir oficialmente suas portas ainda neste final de ano.

O projeto que está sendo submetido à Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, prevê não só a Mostra Virtual de uma exposição com parte significativa do acervo que conta a história da Estrada de Ferro Machadense e da cafeicultura local na primeira metade do Século XX, mas, também, a abertura oficial do Museu ao público, de maneira especial, aos estudantes da rede municipal de ensino. Essa abertura prevista para o primeiro semestre de 2020 fora suspensa em vista da pandemia do Novo Coronavírus, fenômeno ocorrido em todo o mundo.

No ano passado, na impossibilidade da liberação de recursos financeiros às instituições culturais e recreativas pelos Municípios em face da pandemia, o Governo Federal possibilitou através da Lei Aldir Blanc, recursos às Prefeituras para que socorressem as instituições culturais e recreativas. A medida permitiu que o IMAC construísse uma plataforma virtual e, assim, possibilitasse à população acesso ao rico acervo deste Museu.

Os museus, as bibliotecas, as pinacotecas e filmotecas são fontes de conhecimento, estudos e pesquisas em todo o mundo civilizado. Esses locais guardam a história para que a memória dos povos seja preservada para o conhecimento das futuras gerações.

Portanto, investir em projetos que visam à preservação e à divulgação da história e da cultura não é simplesmente um dever do Poder Público, mas, uma obrigação.

As associações sociais, culturais e recreativas são importantes parceiras do Poder Público; fazem o que o Governo não consegue realizar sem esse poderoso braço que são as Organizações Sociais do Terceiro Setor.

O Museu Ferroviário e do Café Machadense que já é reconhecido oficialmente pelo Sistema Brasileiro de Museus e pelo Ministério do Turismo, conforme certificações já recebidas, faz de Machado sede do primeiro museu com esta vocação em todo o sul de Minas.

O MFCM está instalado no pavimento térreo da Gráfica Editora FOLHA MACHADENSE.

Olá, em breve o atenderemos. Obrigado.

Fale conosco pelo Whats