quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

A informação a um clique de distância!

Faça o seu login ou Assine a folha

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Email

CRESCIMENTO SEM PLANEJAMENTO CONTRIBUI PARA REPRESAMENTO DE ENXURRADA

O crescimento da cidade e o asfaltamento de boa parte de ruas abertas no morro que dá acesso à Praça Antônio Carlos, a partir da Praça Antônio Cândido (antiga Praça da Estação Ferroviária), tem trazido dor de cabeça para comerciantes do entorno do Mercado Municipal. Motivo: o represamento de grande volume de água, trazido pelas chuvas em forma de enxurradas, à Avenida Arthur Bernardes.
Aos fundos do Mercado Municipal, ao lado do antigo IBC (Instituto Brasileiro do Café) e do Sindicato dos Produtores Rurais de Machado, um grande piscinão tem se formado, a cada chuva de maior volume hídrico. – A foto tirada nesta segunda-feira, 28/12/2020, ilustra parte do problema.
Falta de planejamento e de estudo histórico da Bacia do Rio Machado poderá gerar enormes problemas no futuro.