sábado, 24 de fevereiro de 2024

A informação a um clique de distância!

Faça o seu login ou Assine a folha

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Email

COVID-19 – Paciente pode ter sido infectado dentro do Pronto Atendimento

COVID-19 – Paciente pode ter sido infectado dentro do Pronto Atendimento Municipal

Paciente que ficou em observação em uma sala do Pronto Atendimento Municipal (PAM), prédio anexo à Santa Casa, disse à FOLHA, durante a semana, que, provavelmente, foi infectado pelo Coronavírus dentro da unidade de saúde, na madrugada do último sábado, dia 08.

T.M., de 34 anos, procurou o atendimento de urgência na noite de sexta-feira, dia 07, por estar com pressão alta. Deu entrada na unidade de saúde, conhecida por Pronto Socorro, às 23h30, conforme protocolo de requisição número 3005912. “Por volta das 0h30, deu entrada um homem que, segundo os funcionários do PAM, estaria embriagado. Ele ficou ao meu lado, sem máscara, tossindo à noite toda. Dividíamos uma sala pequena. Eu demonstrei minha preocupação várias vezes à direção do Pronto Atendimento, informando que o paciente na maca ao lado não estava normal; e, que poderia estar contaminado com a COVID-19”.

Por volta das 03 da madrugada, o ‘morador de rua’ que havia sido levado pelo SAMU, à unidade de urgência e emergência, alcoolizado, acordou e foi ao banheiro, conforme relatou T.M., à FOLHA. “Eu tinha certeza de que o homem que dividia a sala comigo estava contaminado. E, achei um descaso absoluto darem entrada de um paciente para observação sem que fosse feito algum tipo de checagem, antes. Os funcionários da saúde diziam, nos corredores: ele está bêbado. Amanhã acorda e vai embora”, relatou T.M., em uma das dezenas de mensagens de texto e de áudio trocadas com a Redação.

De acordo com T.M., o homem tossia, segurava o peito, clamava de dor abdominal, teve diarreia, tirou a camisa e dormiu de barriga para o chão por cerca de duas horas.

“Além do descaso comigo, que estava em observação por outros motivos, foi descaso também com o outro paciente, que, por estar supostamente bêbado ou por estar em condição de ‘morador de rua’, não merecia ser tratado de forma irresponsável. Na possibilidade de um o outro estar contaminado, não deveríamos dividir a mesma sala”, afirmou T.M., morador do Jardim América, que se recupera em casa.

O suposto ‘morador de rua’ teria sido transferido para hospital de Alfenas e intubado, conforme apurou a FOLHA. Transferência teria sido na terça-feira, dia 11. Também na terça-feira, T. M. realizou, por conta própria, exame para detecção de COVID-19; resultado positivo.

Na sala de observação do prédio do PAM,na madrugada de sábado, T.M. gravou um vídeo onde o paciente que teria sido internado, posteriormente, em estado grave, com COVID-19, em Alfenas, aparece deitado, roncando de forma contínua.

OUTRO LADO – A FOLHA tenta ouvir a direção da Santa Casa desde quinta-feira. Sexta-feira, dia 14, a diretora Maria Odete Maciel, que está em férias, respondeu, às 15h26, que os dois atendimentos da semana passada ainda não teriam sido ‘fechados’. E, que ontem estava sendo um dia de muitas urgências, por isso, a dificuldade repassar os dados.

* Reportagem publicada pelo jornal FOLHA MACHADENSE, sábado, dia 15/05/21.