segunda-feira, 15 de julho de 2024

A informação a um clique de distância!

Faça o seu login ou Assine a folha

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Email

Conquistas da Greve dos Servidores e Servidoras Federais da Educação

“Conquistas importantes para todos são aquelas que vêm da luta coletiva”

#SemLutaSemGanhos

No dia 27 de junho de 2024 concretizou-se a formalização do acordo da maior greve que a educação federal já construiu. A despeito dos muitos transtornos que infelizmente acabam sendo inerentes a uma greve com tamanhas dimensões e duração, nossa comunidade acadêmica local e o país como um todo saem vitoriosos desse processo, haja vista o fortalecimento da nossa capacidade de nos enxergar e nos organizar como um coletivo de trabalhadores da e em defesa da Educação Pública, Gratuita, de Qualidade e Socialmente Referenciada, bem como as conquistas de recomposição orçamentária para as Instituições Federais de Ensino (dentre as quais, em particular, o IFSULDEMINAS e o Campus Machado).

Nosso movimento conquistou o investimento de 5,5 bilhões de reais para as Universidades e Institutos Federais contemplados no Novo PAC. Já para 2024 conquistamos 600 mil reais em verbas de para o campus Machado. A implementação do Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC) para os Técnicos Administrativos da Educação (TAEs) foi também outra grande vitória da greve. Quanto à reestruturação das carreiras, para os TAEs conseguimos a modernização da carreira, com a proposta de matriz única e aceleração na progressão. Para a carreira docente conquistamos a alteração gradual com reajustes que variam de 13,3% a 31,2%; o fim do ponto eletrônico, além da revogação da Portaria MEC nº 983/2021, dentre outras vitórias. Por fim, no que tange à recomposição salarial, conquistamos para os docentes 9% em janeiro de 2025 e 3,5% em abril de 2026; para os TAEs serão 9% em janeiro de 2025 e 5% em abril de 2026. Para maiores detalhes sobre nossas conquistas, acessem os termos dos acordos assinados e o site de nosso sindicato: https://sinasefe.org.br/site/. Seguimos na defesa da nossa instituição e da educação pública para todas e todos!

Comando Local de Greve